BR046
São Pedro da Água Branca


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A1, A2 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 112,297 ha

Protection status:

SAVE Brasil
Most recent IBA monitoring assessment
Year of assessment Threat score (pressure) Condition score (state) Action score (response)
2008 medium not assessed not assessed
For more information about IBA monitoring please click here


Site description
Essa área localizase na tríplice fronteira entre os Estados do Pará, Maranhão e Tocantins, em uma região conhecida como Bico do Papagaio. Os limites da IBA incluem os remanescentes de floresta ombrófila densa, principalmente matas aluviais, existentes ao longo do rio Tocantins, no trecho situado logo acima da confluência com o rio Araguaia. Nesse trecho, predominam florestas de várzea secundárias com muitos emaranhados de lianas, sendo Cecropia obtusa, C. sciadipholia, Inga capitata, I. heterophylla, Guarea guidonea, Celtis sp., Coccoloba sp. e Genipa americana as espécies vegetais mais características A paisagem do entorno já se encontra extremamente alterada em decorrência da ocupação humana. Dados pluviométricos obtidos na região de Araguatins, no norte de Tocantins, mostram médias anuais em torno de 1.500 mm.

Key biodiversity
As poucas informações disponíveis sobre a avifauna da região provêm de um levantamento bastante preliminar e ainda inédito Apesar da forte influência amazônica, são observadas muitas espécies relacionadas a áreas abertas, como Columbina squammata (fogo-apagou), Aratinga leucophthalma (periquitão-maracanã) e Volatinia jacarina (tiziu), resultado do extensivo desmatamento que a região do Bico do Papagaio vem sofrendo há tempos Entre os elementos amazônicos registrados estão Selenidera gouldii (saripoca-de-gould), Todirostrum maculatum (ferreirinho-estriado), Sakesphorus luctuosus (tem-tem-de-dragona-branca) e Myrmotherula multostriata (choquinha-estriada-da-amazônia) Duas espécies ameaçadas de extinção e endêmicas do Brasil central ocorrem na área. Cercomacra ferdinandi (chororó-de-goiás) foi observado em trechos alterados de floresta ciliar, onde tem o seu limite norte de distribuição Celeus obrieni (pica-pau-do-parnaíba), por sua vez, foi encontrado nos remanescentes florestais preservados, sem taquaras, à margem direita do rio Tocantins.


Recommended citation
BirdLife International (2019) Important Bird Areas factsheet: São Pedro da Água Branca. Downloaded from http://www.birdlife.org on 19/10/2019.