BR116
Parque Nacional de Monte Pascoal


Year of compilation: 2005

Site description
O Parque Nacional de Monte Pascoal está inserido no Corredor Central da Mata Atlântica, que abrange as florestas remanescentes do sul da Bahia e norte do Espírito Santo. Essas florestas, de caráter higrófilo, guardam muitas semelhanças com a floresta amazônica de terra firme e são genericamente denominadas matas de tabuleiro por recobrirem planaltos costeiros de topo aplainado e baixa altitude, formados por depósitos de sedimetos terciários. Além dos tabuleiros, o relevo do P. N. de Monte Pascoal compreende também depósitos praiais, extensas planícies costeiras e colinas de rocha cristalina, incluindo o monte que dá nome ao parque, que é o ponto culminante da área. A floresta atlântica ocupa a maior parte do parque, mas também existem trechos significativos de restinga, manguezais e capoeiras. O clima é tropical úmido, com temperaturas médias anuais entre 21C e 24C e índice pluviométrico variando de 1.500 a 1.750 mm anuais.

Key biodiversity
O P. N. de Monte Pascoal é um importante refúgio para várias espécies de aves ameaçadas do sul da Bahia. Não há registros recentes para algumas delas, como Pipile jacutinga (jacutinga) e Crax blumenbachii (mutum-de-bico-vermelho), que podem estar localmente extintas. O ameaçado Herpsilochmus pileatus (chorozinho- de-boné), restrito às matas de restinga do sudeste baiano, provavelmente ocorre no parque, visto que seus limites estendem-se até a costa e incluem áreas de hábitat potencialmente favorável.

Pressure/threats to key biodiversity
A cobertura florestal no sul da Bahia foi reduzida de 85% em 1945 para 6% em 1990. O P. N. de Monte Pascoal, assim como outras áreas florestadas da região, tem sido alvo da especulação imobiliária devido à rápida expansão do turismo em toda a Costa do Descobrimento. Além disso, existem assentamentos rurais ao redor da unidade de conservação, agravando a situação social e ambiental na região. Parte da área do parque é compartilhada com uma reserva indígena de 8.600 ha, território tradicional dos índios pataxós. A dependência da população indígena local em relação aos recursos naturais representa uma ameaça à fauna e flora da área. Há informações sobre caça (aparentemente em diminuição) e corte seletivo de madeira dentro do parque, atividades praticadas sobretudo pela comunidade indígena local, que soma cerca de 5.000 índios.


Recommended citation
BirdLife International (2020) Important Bird Areas factsheet: Parque Nacional de Monte Pascoal. Downloaded from http://www.birdlife.org on 27/09/2020.