BR128
Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e Adjacências


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A1, A3 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 395,681 ha

Protection status:

SAVE Brasil

Site description
A Chapada dos Veadeiros, localizada a cerca de 185 km ao norte de Brasília, é o divisor de águas das bacias dos rios Paranã e Maranhão, esse último um importante afluente do Tocantins. Além do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a IBA também inclui as zonas mais elevadas ao norte da Chapada, que abrigam diversas nascentes de rios, acima da cota altitudinal de 500 m. Toda a área caracterizase por apresentar chapadas de superfícies planas entremeadas por rios de planalto e morros, tendo na Serra do Pouso Alto o ponto culminante do parque nacional, com 1.643 metros de altitude Dentre os cursos d’água da região destacase o rio Preto, que forma uma série de corredeiras e cachoeiras, uma delas com quase 120 m de altura. O clima é definido como tropical sazonal, com chuvas mais intensas entre dezembro e março. Os índices pluviométricos anuais atingem cerca de 650 mm e a temperatura média está em torno de 21ºC A vegetação de cerrado que cobre a maior parte da área apresenta grande riqueza de espécies vegetais (mais de 1.300 identificadas) e alto índice de endemismo, especialmente nas porções mais elevadas, onde há formações rupestres. Aspidoderma multiflorum, Heteropteryx byrsonimifolia e Vellozia tubiflora são exemplos de plantas típicas dos cerrados rupestres. A fauna local também é extremamente diversa, com destaque para a presença de anfíbios endêmicos, como a perereca recém-descrita Phyllomedusa oreades. O P. N. da Chapada dos Veadeiros recebeu, em 2001, o título de Patrimônio Mundial Natural da UNESCO.

Key biodiversity
A Chapada dos Veadeiros é uma área crítica para a conservação do pato-mergulhão (Mergus octosetaceus) na Região Centro-Oeste do país. Alguns indivíduos isolados e pequenos grupos familiares foram encontrados tanto dentro do parque nacional como em seu entorno. Atualmente, projetos voltados à conservação da espécie, como o "Projeto Pato-Mergulhão", têm desenvolvido estudos sobre a ecologia da espécie, bem como expedições em busca de novas localidades de ocorrência. A região abriga um grande número de endemismos do Cerrado (19), entre os quais estão várias espécies ameaçadas, como Nothura minor (codorna-mineira), Taoniscus nanus (inhambu-carapé), Culicivora caudacuta (papa-moscas-do-campo), Alectrurus tricolor (galito) e Poospiza cinerea (capacetinho-do-oco-do-pau). Estimativas populacionais foram calculadas para diversas aves ameaçadas dentro do parque nacional. A população de Coryphaspiza melanotis, por exemplo, foi estimada em mais de 000 indivíduos e possivelmente é uma das maiores no país. O ardeídeo Tigrisoma fasciatum (socó-boi-escuro), espécie que habita rios e riachos com águas rápidas e cristalinas, normalmente cercados por formações rochosas, foi encontrado tanto dentro do parque quanto fora dele, na RPPN de Campo Alegre e mais ao norte, no rio das Pedras A região de Alto Paraíso de Goiás é a localidade-tipo de Tangara cyanicollis albotibialis (saíra-de-cabeça-azul), forma conhecida apenas pelo exemplar-tipo.


Recommended citation
BirdLife International (2020) Important Bird Areas factsheet: Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e Adjacências. Downloaded from http://www.birdlife.org on 04/08/2020.