BR173
Parque Estadual da Serra do Mar (entre Caraguatatuba e Picinguaba)


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A1, A2, A3 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 85,000 ha

Protection status:

SAVE Brasil

Site description
Essa área engloba a porção mais oriental do Parque Estadual da Serra do Mar (núcleos Picinguaba, Indaiá, Cunha, Santa Virgínia, Natividade da Serra e Caraguatatuba) e alguns remanescentes contíguos de floresta de baixada, estendendo- se aproximadamente da rodovia SP- 99, que liga Paraibuna a Caraguatatuba, até a divisa com o Rio de Janeiro. Nesse trecho da Serra do Mar, as maiores extensões de floresta estão situadas sobre encostas de acentuada declividade, uma vez que do vale do rio Paraíba do Sul até o alto da serra quase já não restam mais florestas nativas e as áreas de planície litorânea sofreram grande pressão pela especulação imobiliária. Alguns trechos de mata de baixada ainda bem preservada são encontrados em Picinguaba, onde os limites do P. E. da Serra do Mar alcançam a orla marítima, e nos arredores de Ubatuba (p. ex., na Fazenda Capricórnio e na base do Pico do Corcovado). A vegetação predominante é a floresta tropical pluvial costeira, cujas características variam ao longo do gradiente altitudinal. As matas mais desenvolvidas e exuberantes estão no sopé da serra e na planície litorânea adjacente, enquanto em altitudes intermediárias e no alto da serra existem matas de menor porte e floristicamente menos diversas. As famílias mais bem representadas nas florestas pré-montanas e de terras baixas são Myrtaceae, Rubiaceae, Fabaceae, Euphorbiaceae e Lauraceae. Já na meia encosta predominam plantas das famílias Bombacaceae e Sapotaceae. As matas de altitude (acima de 950 m) possuem dossel baixo, raramente ultrapassando 10 m de altura. As famílias mais representativas nessas matas são Nyctaginaceae, Myrtaceae e Melastomataceae. Em Picinguaba, há também praias, dunas, ambientes estuarinos, trechos restritos de mangue e vegetação típica de restinga. Dados coletados na Estação Experimental de Ubatuba indicam uma precipitação anual média de 2.100 mm, com uma estação superúmida entre outubro e abril e uma estação menos chuvosa de maio a setembro.

Key biodiversity
Ubatuba é bastante visitada por observadores de aves, existindo muitas informações isoladas sobre a avifauna da região. Há, porém, poucos levantamentos ornitológicos publicados para esse trecho da Serra do Mar. Para as matas nos arredores do Pico do Corcovado (0–1.150 m), a sudoeste de Ubatuba, foram listadas 254 espécies, cerca de 40% das quais endêmicas da Mata Atlântica. Entre as IBAs já identificadas, a área ocupa o segundo lugar em número de espécies de distribuição restrita da Mata Atlântica de baixada (EBA075), posição que divide com o Maciço Florestal de Paranapiacaba (SP10) e as florestas da região de Guaraqueçaba/ Jacupiranga/Cananéia (PR/ SP01). Boa parte dos registros de espécies ameaçadas conhecidos para a região provém justamente de áreas com matas de baixa altitude (<100 m), que em sua maior parte estão fora dos limites do P. E. da Serra do Mar. Dentre as espécies de distribuição restrita, sobressaemse Phacellodomus e. erythrophthalmus (joão botina-da-mata) e Hemitriccus furcatus (papa-moscas-estrela), que ocorrem em um número relativamente reduzido de IBAs. Essa última espécie é ainda razoavelmente comum nas matas de Picinguaba.


Recommended citation
BirdLife International (2019) Important Bird Areas factsheet: Parque Estadual da Serra do Mar (entre Caraguatatuba e Picinguaba). Downloaded from http://www.birdlife.org on 20/08/2019.