BR096
Itanagra


Year of compilation: 2005

Site description
Na região de Itanagra, situada a meio caminho entre o Recôncavo baiano e a divisa com Sergipe, são encontrados os principais remanescentes de floresta ombrófila do litoral norte da Bahia. A RPPN Fazenda Lontra/Saudade, com 1.377 ha, é a maior área de floresta particular oficialmente protegida entre os rios Paraguaçu (BA) e São Francisco (SE). Nessa área já foram identificadas 183 espécies de plantas de 56 famílias, com maior representatividade de Myrtaceae, Fabaceae, Rubiaceae, Melastomataceae, Mimosaceae, Sapotaceae e Flacourtiaceae. Há outros remanescentes florestais nas vizinhanças, com grande possibilidade de reconexão. As atividades econômicas predominantes na região são a criação extensiva de gado bovino, a silvicultura (pínus e eucalipto) e a agricultura de subsistência. O clima é mais úmido do que na área próxima de Conde e Baixios (BA06), com pluviosidade média anual de 1.800mm. A região apresenta relevo ondulado e é drenada por uma complexa rede de aqüíferos.

Key biodiversity
Itanagra é uma das áreas mais importantes para a conservação de Pyriglena atra (papa-taoca-da-bahia). A RPPN Fazenda Lontra/Saudade é a maior unidade de conservação onde essa espécie ameaçada ocorre. Recentes inventários conduzidos por pesquisadores da Associação Baiana para Conservação dos Recursos Naturais (ABCRN) revelaram cerca de dez novos pontos de ocorrência de P. atra na região, todos descobertos a partir de janeiro de 2002. Na RPPN Fazenda Lontra/Saudade ocorrem cerca de 190 espécies de aves, incluindo todas as espécies ameaçadas e quase ameaçadas listadas abaixo.

Pressure/threats to key biodiversity
Há corte seletivo de madeira, caça e captura de aves (Aratinga auricapillus e Amazona amazonica) para o comércio ilegal de fauna silvestre na RPPN Fazenda Lontra/ Saudade, ainda que a área seja fiscalizada pelos proprietários. A supressão de florestas nativas para fins agropecuários ea atividade de agricultores sem-terra representam outras ameaças aos fragmentos florestais da região. O acesso a esses fragmentos é facilitado pela existência de uma extensa rede de vias secundárias, construídas para atender às necessidades de manejo e corte das plantações de eucalipto. Felizmente, existe um projeto de reconexão das matas remanescentes entre o rio Joanes/Ipitanga e a RPPN Fazenda Lontra/Saudade.


Recommended citation
BirdLife International (2020) Important Bird Areas factsheet: Itanagra. Downloaded from http://www.birdlife.org on 19/09/2020.