BR009
Ilha de Marajó


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A1, A2 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 3,910,144 ha

Protection status:

SAVE Brasil
Most recent IBA monitoring assessment
Year of assessment Threat score (pressure) Condition score (state) Action score (response)
2008 low not assessed not assessed
For more information about IBA monitoring please click here


Site description
A Ilha de Marajó localizase na foz do rio Amazonas, tendo um lado totalmente voltado para o oceano Atlântico. Portanto, a ilha está sob influência tanto de águas doces quanto salgadas. Essa caracerística faz com que seja grande a diversidade fitofisionômica em toda a sua zona costeira. Nas áreas litorâneas existem manguezais, principalmente no setor nordeste, que está em contato direto com o oceano aberto. Em contraste, florestas ombrófilas densas aluviais predominam nas faces oeste e sudoeste da ilha, que estão sob influência das águas doces do rio Amazonas. Essa mesma vegetação estendese até a parte central da ilha, onde começam a aparecer formações vegetais mais baixas, associadas às áreas com influência fluvial e lacustre. Formações campestres estão representadas nas zonas mais elevadas da porção centro-nordeste da ilha, sobre terrenos mais secos. Os Índices pluviométricos na ilha variam entre 2.500 e 4.000 mm, com período chuvoso compreendido entre dezembro e maio. A temperatura média é de 27ºC e a umidade relativa do ar, em geral, é superior a 80%. O complexo formado pelos rios Anajá e Aramá, que deságuam na porção oeste da ilha, forma o sistema de drenagem mais importante da ilha.

Key biodiversity
Acompanhando a grande variedade de ambientes da ilha, a avifauna marajoara é bastante diversificada. Ainda pouco conhecido e com distribuição pontual, Anthracothorax viridigula (beija-flor-de-veste-verde) foi recentemente registrado em Marajó. Nas savanas são encontrados alguns elementos associados ao Cerrado, inclusive uma população numerosa e geograficamente isolada de Coryphaspiza melanotis (tico-tico-de-máscara-negra), a qual também é uma das mais setentrionais da espécie Nos trechos de várzea ocorrem Thripophaga fusciceps obidensis (joão-liso) e Cranioleuca muelleri (joão-escamoso), ambos com distribuição restrita às várzeas do baixo rio Amazonas Amazona ochrocephala xantholaema (papagaio-campeiro), um táxon raro, aparece nas áreas mais florestadas Já os ambientes costeiros e lacustres recebem grande quantidade de aves migratórias, como batuíras e maçaricos, As ilhas e ilhotas que estão ao redor de Marajó, principalmente o arquipélago de Bailique, também são sítios importantes para esse grupo de aves. Porém, as estimativas populacionais ainda são preliminares Há registros históricos de Neochen jubata (pato-corredor), que não é visto na ilha há muitos anos


Recommended citation
BirdLife International (2021) Important Bird Areas factsheet: Ilha de Marajó. Downloaded from http://www.birdlife.org on 16/01/2021.