BR071
Guadalupe


Year of compilation: 2005

Site description
Essa área é constituída por fragmentos de floresta atlântica de baixada no litoral sul de Pernambuco, incluindo a Reserva Biológica de Saltinho e as matas da Usina Trapiche (100 ha), Usina Cucaú e Engenho Mamucaba (Mata do Pau Amarelo), vizinhas à reserva. Esses fragmentos estão incluídos na Área de Proteção Ambiental de Guadalupe, que se estende até a costa e abrange cinco dos municípios mais promissores para o turismo no Estado, configurando o Centro Turístico de Guadalupe. As chuvas na região distribuem-se por aproximadamente 200 dias do ano, com precipitação média anual de 2.050 mm.

Key biodiversity
A área abrange toda a distribuição conhecida de Glaucidium mooreorum (caburéde- pernambuco), corujinha descrita apenas em 2002 a partir de dois exemplares coletados em 1980 na R. B. de Saltinho espécie foi registrada também na Usina Trapiche, em 2001. A avifauna das matas remanescentes da APA de Guadalupe tem sido bastante estudada nos últimos anos. Inventários recentes apontaram a presença de 150 espécies na APA como um todo, 156 espécies em Saltinho, 163 na Usina Cucaú, 210 na Usina Trapiche e 173 na Fazenda Morim, em São José da Coroa Grande.

Pressure/threats to key biodiversity
A retirada de madeira das matas remanescentes e a captura de aves para comercialização são atividades ilegais comuns na região. A R. B. de Saltinho é cortada em dois trechos por rodovias estaduais. Por fim, a severa fragmentação das florestas da região poderá comprometer a sobrevivência de Glaucidium mooreorum, espécie descrita já no limiar da extinção. As unidades de conservação que protegem a Mata Atlântica nordestina são pequenas (78% são menores do que 5 km2) e isoladas.


Recommended citation
BirdLife International (2020) Important Bird Areas factsheet: Guadalupe. Downloaded from http://www.birdlife.org on 24/09/2020.