BR012
Caxiuanã / Portel


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A1 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 3,422,612 ha

Protection status:

SAVE Brasil
Most recent IBA monitoring assessment
Year of assessment Threat score (pressure) Condition score (state) Action score (response)
2008 high not assessed not assessed
For more information about IBA monitoring please click here


Site description
A rodovia PA167 e o limite da Floresta Nacional de Caxiuanã formam a borda oeste dessa IBA, situada logo ao sul da Ilha de Marajó. Entre os extremos sudoeste e sudeste, o limite é dado por uma linha paralela à BR230 (Transamazônica), que exclui as áreas antropizadas existentes ao longo desse trecho da rodovia. A borda oeste segue alguns rios e a rodovia PA15 Por fim, a rodovia PA368, o rio Pacajá e a Baía de Caxiuanã perfazem o limite norte. O perímetro da IBA engloba a F. N. de Caxiuanã e, conseqüentemente, a Estação Científica Ferreira Penna, mantida pelo Museu Paraense Emílio Goeldi e voltada ao desenvolvimento de pesquisas científicas na região, inclusive sobre a biodiversidade Dados obtidos nessa estação científica indicam uma pluviosidade anual em torno de 000 mm, com estação chuvosa entre dezembro e maio; a temperatura média é de 26,7ºC e a umidade relativa gira em torno de 87% Predomina em toda a região a floresta ombrófila densa de terras baixas, com uma menor incidência da fitofisionomia submontana a sudeste. Ao longo dos rios Alto Anapu, Pacajá e Camaraípe há florestas aluviais. Árvores emergentes com mais de 45 m de altura destacamse na paisagem, como Anacardium microcarpum, Trattinickia rhoifollia, Dinizia excelsa, Aspidoderma nitidum, Pouteria oppositifolia e Tachigalia mirmecophila

Key biodiversity
A rica avifauna da região é altamente representativa da sub-região "Pará" Alguns importantes elementos amazônicos fazem parte da avifauna peculiar encontrada a leste do rio Tapajós, como Neomorphus squamiger (jacu-estalo-escamoso) e Xipholena lamellipennis (anambé-de-rabo-branco). O raro N. squamiger foi observado apenas nas proximidades da Estação Científica Ferreira Penna5 e o registro é um dos poucos obtidos até hoje no Brasil. A área também é de grande importância para Guarouba guarouba (ararajuba) e Pyrrhura lepida (tiriba-pérola), ambas psitacídeos ainda comuns na região, Anodorhynchus hyacinthinus (arara-azul-grande) ainda não foi encontrada na área, mas sua presença é esperada em razão da boa população existente na região da chamada Volta Grande do Xingu (IBA PA07), situada a apenas cerca de 80 km a sudoeste .


Recommended citation
BirdLife International (2020) Important Bird Areas factsheet: Caxiuanã / Portel. Downloaded from http://www.birdlife.org on 30/09/2020.