BR026
Baixo Rio Javari


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A1, A2, A3 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 77,158 ha

Protection status:

SAVE Brasil
Most recent IBA monitoring assessment
Year of assessment Threat score (pressure) Condition score (state) Action score (response)
2008 not assessed not assessed not assessed
For more information about IBA monitoring please click here


Site description
A área localizase no extremo oeste da Amazônia brasileira, na divisa com o Peru, estendendose pelo baixo curso do rio Javari, a cerca de 40 km de sua confluência com o rio Solimões. O limite norte da área situase logo acima da confluência com o rio Quixito. O rio Javari caracterizase por seu curso sinuoso, ladeado por canais e lagoas influenciadas pela grande variação sazonal no nível das águas. A IBA inclui cerca de 30% da área da Terra Indígena Lameirão. A vegetação predominante é a floresta ombrófila densa aluvial, havendo uma faixa de transição e contato com a floresta ombrófila aberta.

Key biodiversity
As várzeas inundáveis do baixo curso do rio Javari e de um pequeno trecho adjacente do Solimões, na divisa com o Peru, correspondem ao extremo leste da área de endemismo Baixadas do Alto Amazonas-Napo (EBA066). Nas proximidades de Palmari foram encontradas três espécies representativas dessa EBA, todas restritas a hábitats ribeirinhos do rio Javari: Leuccipus chlorocercus (beija-flor-pintado), Myrmoborus melanurus (formigueiro-de-rabo-preto) e Heterocercus aurantiivertex (dançarino-de-crista-laranja). É possível que as várzeas situadas mais ao sul, além dos limites propostos para a IBA, tenham importância similar, mas presentemente não há levantamentos ornitológicos que suportem a inclusão dessas áreas. Outras espécies com escassos registros no país também habitam a região do baixo rio Javari, como Laterallus fasciatus (sanã-zebrada), Schistocichla schistacea (formigueiro-cinza), Myrmeciza melanoceps (formigueiro-grande), Thryothorus griseus (garrincha-cinza) e Cacicus latirostris (japu-de-rabo-verde) Nas áreas de transição entre florestas inundáveis e de terra firme ocorre Myrmotherula sunensis (choquinha-do-oeste), espécie rara encontrada somente no oeste amazônico. O primeiro registro confirmado de Steatornis caripensis (guácharo) no Brasil se deu em Palmari, junto à divisa com o Peru, através da descoberta de um exemplar em decomposição. Primolius couloni (maracanã-de-cabeça-azul), psitacídeo ameaçado que, no Brasil, é encontrado principalmente no Acre, também foi registrado na área.


Recommended citation
BirdLife International (2019) Important Bird Areas factsheet: Baixo Rio Javari. Downloaded from http://www.birdlife.org on 13/10/2019.