BR230
Região de Pinheiro Machado


Year of compilation: 2005

Site description
Essa área, a cerca de 80 km de Pelotas, situa-se na porção meridional da Serra do Sudeste, um planalto granítico baixo onde predominam formações vegetais semiabertas. A área estende-se aproximadamente da Serra das Asperezas, a leste, até a Coxilha Pedras Altas, a oeste, e da rodovia BR-293, ao norte, até a fronteira com o Uruguai, ao sul. A paisagem local é marcada por um relevo ondulado e rico em afloramentos rochosos, sobre o qual crescem matas baixas e matagais arbustivos entremeados por áreas abertas. Florestas mais altas ocorrem associadas a grotas. A região é relativamente erma, tendo como principal atividade econômica a pecuária extensiva, desenvolvida em médias e grandes propriedades.

Key biodiversity
A área abrange a única região do Brasil onde a ocorrência de Gubernatrix cristata (cardeal-amarelo) tem sido relatada com certa regularidade. Um exemplar desse pássaro ameaçado e em acentuado declínio foi coletado em Herval na década de 1970 e vários relatos recentes de capturas por passarinheiros levam a crer que uma população da espécie ainda persiste na região. A IBA é definida pelos limites aproximados da área presumivelmente ocupada pela população remanescente do cardealamarelo.

Pressure/threats to key biodiversity
O cardeal-amarelo está sujeito a uma alta pressão de captura na região, que presumivelmente poderá levá-lo à extinção local em breve. Portanto, a avaliação de sua área de ocupação e situação populacional, assim como o combate intensivo à captura e ao comércio ilegal da espécie, são ações urgentes na área. Recentemente, a região de Pinheiro Machado e outros setores da metade sul do Rio Grande do Sul foram eleitos por empresas privadas para o desenvolvimento de grandes empreendimentos de silvicultura, visando à ampliação do setor industrial de base florestal do Estado. O programa de expansão da atividade conta com fomento do governo estadual e, se implementado sem uma preocupação com a conservação dos ecossistemas originais da região, poderá levar à eliminação do hábitat de espécies ameaçadas como G. cristata e Limnoctites rectirostris (junqueiro- de-bico-reto) por vastas áreas contínuas.


Recommended citation
BirdLife International (2022) Important Bird Areas factsheet: Região de Pinheiro Machado. Downloaded from http://www.birdlife.org on 18/08/2022.