BR166
Complexo Pedra Azul / Forno Grande


Year of compilation: 2005

Site description
O Parque Estadual da Pedra Azul situase aproximadamente a meio caminho entre a Fazenda Pindobas IV (ES04) e as encostas da região de Domingos Martins (ES05). Juntamente com o Parque Estadual de Forno Grande (a sudoeste) e os importantes remanescentes de floresta primária existentes nas propriedades vizinhas, compõe uma das maiores manchas florestais razoavelmente contínuas em todo o sul do Espírito Santo. Fora das áreas oficialmente protegidas, destacam-se por sua extensão a mata inídos Bellon, de aproximadamente 500 ha, e a mata dos Caetés, na Fazenda Monte Verde, que se estende dos 900 aos 1.200 m de altitude e forma um grande bloco florestal entre os Parques Estaduais da Pedra Azul e Forno Grande, com pelo menos 2.000 ha. As principais formações vegetais encontradas na área são a floresta ombrófila densa montana e altomontana (mata de neblina) e os campos de altitude. A mata varia entre 5 e 20 m de altura, sendo rica em epífitas, musgos e líquens. Os campos de altitude estão presentes no topo da Pedra Azul (1.822 m), da Pedra das Flores (1.909 m) e de outras formações rochosas de granito e gnaisse dispersas pela região. Nesses ambientes singulares, é característica a presença de Baccharis sp., Sinningia magnifica e Tibouchina sp. , além de brenhas do bambu Chusquea.

Key biodiversity
Em um breve levantamento realizado no P. E. da Pedra Azul e arredores em outubro de 1996 foram identificadas 204 espécies, que incluem endemismos tipicamente montícolas do sudeste do Brasil, como Scytalopus speluncae (tapaculopreto) e Drymophila genei (choquinha-daserra), além de vários cotingídeos sensíveis à fragmentação e perturbação do hábitat, cuja presença reflete a qualidade das florestas da região. O mais notável achado na área, contudo, é o de uma nova população de Nemosia rourei (saíra-apunhalada), recentemente descoberta na mata dos Caetés. Essa espécie criticamente ameaçada, que até pouco tempo atrás se acreditava estar extinta, tem sido encontrada com regularidade apenas na presente área e na Fazenda Pindobas IV (ES04), 35 km a noroeste.

Pressure/threats to key biodiversity
A preservação das florestas primárias do entorno do P. E. da Pedra Azul foi especialmente recomendada devido a sua importância para a manutenção da avifauna regional dependente do hábitat florestal. Presentemente, as matas mais extensas e melhor conservadas da região encontramse desprotegidas e sob domínio privado.


Recommended citation
BirdLife International (2019) Important Bird Areas factsheet: Complexo Pedra Azul / Forno Grande. Downloaded from http://www.birdlife.org on 14/11/2019.