BR025
Área de Relevante Interesse Ecológico Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais e Entorno


Country/territory: Brazil

IBA Criteria met: A2, A3 (2008)
For more information about IBA criteria please click here

Area: 46,207 ha

Protection status:

SAVE Brasil
Most recent IBA monitoring assessment
Year of assessment Threat score (pressure) Condition score (state) Action score (response)
2008 medium not assessed not assessed
For more information about IBA monitoring please click here


Site description
A IBA abrange a Área de Relevante Interesse Ecológico Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF), formada pelas fazendas Dimona, Porto Alegre e Esteio, e parte das florestas no entorno. Uma pequena parte da Área de Proteção Ambiental da Margem Esquerda do Rio Negro também está dentro dos limites da IBA, em seu extremo oeste. O clima da região é quente e úmido, com pluviosidade anual entre 1.900–2.300 mm e temperatura média de 26ºC. Entre dezembro e maio há uma estação chuvosa, sendo o restante do ano de estiagem Terraços pleistocênicos interglaciais formados por latossolos pobres em nutrientes dão a estrutura geomorfológica da área, cuja topografia apresentase ondulada. Dominam as florestas primárias de terra firme (floresta ombrófila densa), entremeadas por uma série de "ilhas" de hábitats secundários, dominados por Cecropia spp. ou Vismia spp., mas também há trechos com floresta ombrófila aberta. O dossel da floresta tem entre 30–37 m de altura, com algumas emergentes esparsas e sub-bosque relativamente aberto. O PDBFF foi criado em meados da década de 1970, a partir de uma parceria entre o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e o Smithsonian Institute, com o objetivo de estudar as conseqüências ecológicas do desmatamento e da fragmentação florestal sobre a biodiversidade amazônica.

Key biodiversity
A avifauna da área do PDBFF é uma das mais bem estudadas ao norte do rio Amazonas, em razão do grande número de estudos ornitológicos realizados na área. Um total de 394 espécies já foi registrado na área, sendo muitas exclusivas do centro de endemismo das Guianas. Iodopleura fusca (anambé-fusco) e Hemitriccus josephinae (maria-bicudinha), duas espécies com registros escassos e pontuais na Amazônia brasileira e que não são conhecidas de outras IBAs do país, qualificam a área como IBA. Um par de H. josephinae foi recentemente anilhado durante uma pesquisa de campo, sendo esse o primeiro registro da espécie na área do projeto, os anteriores tendo ocorrido na região de Balbina. Há outros tiranídeos raros, como Hemitriccus inornatus (maria-da-campina) e Phylloscartes virescens (borboletinha-guianense).


Recommended citation
BirdLife International (2019) Important Bird Areas factsheet: Área de Relevante Interesse Ecológico Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais e Entorno. Downloaded from http://www.birdlife.org on 19/10/2019.